Domingo, 3 de Janeiro de 2010

2010

- Quando chega à meia noite do novo ano, quando tenho as uvas numa mão e o copo de champanhe na outra, quando chega a essa altura, nunca sei o que fazer com os meus desejos.

O que será assim tão importante que me faça "desperdiçar" um desejo com aquilo?

Sáude pra família, sorte nos estudos, essas coisas que até são importantes, talvez sim. E de resto? Vou pedir o quê?

Um ipod novo? Uma Cannon dos anos 80? Uma namorada nova?

Nada disso vai fazer-me perder a cabeça, nada disso é essencial para que 2010 me corra melhor.

Então, acabo por repetir desejos. Foi o que acabou por acontecer este ano.

Mas repetir desejos faz o quê, já agora? Faz com que ele se torne mesmo verdade?, ou pelo contrário dá azar e faz com que não se realize mesmo? Não faço ideia.

Talvez seja melhor fazer uma lista de desejos ao longo do ano, e quando chegar ao dia talvez posso vir a saber o que pedir.

 

Por conveniência, um óptimo 2010 e que os desejos que pediram sirvam para alguma coisa

 

para ouvir: Death Cab For Cutie - The New Year
publicado por la vie en long-métrage às 01:57

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

pesquisar

 

Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

recentes

2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

hit counter
dowload hit counter code
blogs SAPO

subscrever feeds