Terça-feira, 2 de Março de 2010

em dois mil e vinte

 

 

O amor é eterno.

 

"Culturalmente o amor dominará como domina hoje. Os grandes livros, as grandes canções e os grandes filmes serão sempre inspirados pelo amor. Os futuros formatos digitais só vingam se conseguirem suportar o amor. Ou a falta dele. As comédias românticas serão muito parecidas com as de agora, ainda que daqui a oito ou nove anos, o Hugh Grant faça de pai do tipo que fará de Hugh Grant. As mulheres vão parecer-nos mais bonitas porque vão poder cuidar-se mais e melhor. As relações serão mais dinâmicas, melhor sustentadas, mais abundantes. Um novo laço de parentesco, o ex, ganhará mais importância. Se são pessoas de quem gostámos, porque haveremos de desterrar das nossas vidas?"

Pedro Boucherie Mendes

publicado por la vie en long-métrage às 22:02

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

love on a wall

Como é que escrevi o nome duma rapariga na parede do meu quarto?

Só porque ela me pediu e estávamos muito apaixonados na altura? Pois estávamos, na altura estávamos.

Era tudo muito bonito e até fazia sentido, era como que uma prova de amor... Mas  como tudo, acabou, e agora nem sequer nos falámos. Mas o nome ainda lá continua escrito. Escondido na parede...

 

Há já bastante tempo que não me lembrava disto, nem sequer que o nome lá estava.

Apesar disso, hoje deitei-me e calhou de olhar para lá e perceber o que ainda lá está escrito...

para ouvir: Beatles - All You Need Is Love (1967)
para ver : Veronika Decides To Die (2009)
publicado por la vie en long-métrage às 01:17

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 22 de Agosto de 2009

eu nunca realmente soube

-"ai sim? hum, eu não sabia disso :p"


-"mas agora já sabes :p"


-"tu gostavas dela nao gostavas? ;D"


-"oh Gui!"


-"siiiim!"


-"achas que gostava?"


-"eu acho que sim.

pelo menos no final do ano (quando andávamos lá) deu-me essa impressão."


-"eu tinha a impressão - na altura - que tu achavas isso ;D

mas porque é que tinhas essa impressão?"


-"ai tu pensavas que pensava isso? não sabia...

tinha porque tinha.

a maneira como falavam, estavam sempre juntos, essas coisinhas :p"


-"pensava porque acho que davas-me a entender isso.

mandavas assim umas 'boquitas' :p

eu gostava muito da Rita. e gosto, é uma grande amiga :)"


-"mandava? não me lembro, mas é provável! :p

gostavas como? a mim não me parecia que era só como amiga. até ao autocarro a levavas ~~ "


-"levava-a porque ela pedia-me para lhe lhe fazer companhia até ao autocarro chegar (a)"


-"e tu não te importavas nada :p"


-"não, erámos amigos :)

eu até me questionei se gostava dela ou não. mas não sei..."


-"talvez a visses como uma amiga especial, não sei. mas que havia algo havia :p

(vais à festa amanhã?)"

 

publicado por la vie en long-métrage às 12:23

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Agosto de 2009

vespas

(fotografia retirada da internet)

 

Ando muito apaixonado por estas preciosidades, e uma delas ainda vai mudar a minha vida.

tags: , ,
publicado por la vie en long-métrage às 22:32

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

pesquisar

 

Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

recentes

em dois mil e vinte

love on a wall

eu nunca realmente soube

vespas

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds