Terça-feira, 30 de Março de 2010

A história de Maria S.

Maria S. tem uma história de vida engraçada. Bem, eu não conheço Maria S., nem sequer as suas histórias de vida. Conheço apenas uma pequena fracção de uma história da sua vida.

Maria S. é uma mulher de ascendência ucraniana que viaja muitas vezes no mesmo comboio que eu. Ao longo do tempo fui reparando num detalhe engraçado da sua vida.

S. (cuja palavra acho que não vou revelar, já que é um nome pelo qual o Tiago a apelidou) vive num amor com pelo menos quatro vértices.

Sempre que venho no mesmo comboio que ela, o fecho das portas atrasa-se pois Maria S. está ocupada a despedir-se do namorado, e não deixa que as portas se fechem. No entanto, passadas uma ou duas estações reparo que Maria S. tem um namorado novo. Devem ser os dois namorados dela, pelo menos assim o indicam.

Não sei se um tem conhecimento do outro, mas que eles existem, existem. Estas três personagens fazem um triângulo.

Mas a história não é sobre um triângulo, é sim sobre um quadrado.

Há poucos dias atrás, quando ia de manhã para a faculdade, lá encontrei Maria S. outra vez no mesmo comboio que eu. Fiquei admirado por "conhecer" um novo amor da sua história. Pela intimidade que tinham, aquele outro rapaz era outro namorado seu.

Maria S. tem três amores. Podem ser cegos, o que é difícil  já que a história dá-se sempre no mesmo sítio, mas felizes, ou podem todos ver bem, mas serem ainda mais felizes por isso.

 

r.d

para ver : an education / lone scherfig
para ouvir: like a rolling stone / bob dylan
publicado por la vie en long-métrage às 12:00

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 21 de Março de 2010

Não sou, sem dúvida alguma

Para quem possa ter dúvidas, ou para quem possa estar iludido, eu não sou certo. Não sou, sem dúvida alguma, um dado adquirido! Nem sequer estou lá só quando é preciso.

r.d.

 

para ver : a serious man / irmãos coen
para ouvir: company calls epilogue / death cab for cutie
tags: ,
publicado por la vie en long-métrage às 23:36

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Março de 2010

Fo**-**!

Comeste-me a cabeça toda. Estas merdas não se dizem assim!

tags:
publicado por la vie en long-métrage às 23:37

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 12 de Março de 2010

Como eu sabia

que as mulheres não são o que dizem. Desculpem, aquela mulher, «Carmenzita».

Bastou dizer-lhe "não", que passado pouco tempo o homem da vida de «Carmenzita», de corpo de mulher e cabeça de, nem sei quê, deixei que ser eu e virou outro.

Estou tão feliz por saber aquilo que digo, e dizer não, quando sei que as pessoas não sabem o que dizem. Afinal, «Carmenzita» não sabia aquilo que estava a dizer, ou simplesmente dizia porque não sabia o que aquilo significava.

 

para ouvir: honky tonk women/rolling stone
tags:
publicado por la vie en long-métrage às 23:50

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Março de 2010

Quando quiseres falar

estou no quarto ao lado.

 

para ver : uma segunda juventude /coppola
para ouvir: c'mon billy / pj harvey
tags: ,
publicado por la vie en long-métrage às 21:47

link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

recentes

O verão depois de abril

Bestealidade antepassada

Mãos

A história de Maria S.

Não sou, sem dúvida algum...

Fo**-**!

Como eu sabia

Quando quiseres falar

lump sum

why must you always dress...

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds