Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

as manias que as pernas têm

As pernas têm a sua personalidade própria e as suas manias como se duma pessoa se tratassem. Pelo menos as minhas têm.

Quando eram mais pequeninas e eu ainda nem sequer tinham chegado ao secundário elas gostavam de se sentirem esticadas, libertas de espaços apertados e demasiado aconchegados, um típico comportamento das pernas de um rapaz em fase de crescimento, nos dois sentidos. Ainda me lembro das aulas, de estar lá atrás na última carteira com as pernas esticadas a repousar na cadeira da Susana ou da Patrícia. A Patrícia não gostava muito, mas eu era um pouco mais teimoso que ela e ela tinha de aturar a vontade das minhas pernas. Quando haviam as famosas viagens de estudo que naquela altura eram muitas, no autocarro elas tinham de ficar em cima do colo do passageiro do banco do lado. Bem, não tinham, mas se ele/ela não se importassem era uma maravilha.

O típico cruzar de pernas chinês passou pela mentalidade das minhas pernas mas ainda numa fase infantil, muito prematura, mentalidade essa que não durou muito devido à minha falta de flexibilidade, típica da minha estrutura rechonchuda da altura. Altura essa que já passou felizmente, mas isso são outras conversas.

Actualmente elas gostam de usar uns cruzares de pernas mais adultos. A perna esquerda tem a mania de colocar o seu pé sobre o joelho direito quase num ângulo recto, quase recto porque a tal falta de flexibilidade nunca  foi totalmente - e queria frisar bem o totalmente porque agora está bem melhor, agora quase que consigo fazer a espargata na perfeição! - ultrapassada. Mas lá gosta de ficar durante uns bons minutos até se cansar e mudar de posição. Quarta-feira, ainda na aula de código para os orgulhosos aprovados, ela exagerou nos minutinhos em posição cruzada adulta e adormeceu. Literalmente, adormeceu literalmente. E quando odecidimos sair da sala para ir lá para fora ouvir as anedotas do Sr. Eduardo ela não acordou. Estavam completamente dormenta e não sentia nada. Imaginam a cena que é levantares-te e a tua perna ceder? Um autêntico manco, a cambalear durante cinco metros até à porta a tentar recuperar a circulação sanguínea num membro chato e aborrecido que não segura o peso do corpo e desce ao ponto de quase caíres no meio da sala?  Pois, eu não imaginava, mas ontem passei por isso. 

Mas não é só a posição de quase 90º que a minha perna esquerda gosta de ocupar. Ás vezes gosta de usar o cruzar pernas mais normalmente usado pelas senhoras. Mas essa posição ainda lhe é estranha. Muitas pessoas acham os homens usarem as pernas cruzadas dessa forma um pouco "amaricado" ou algo assim, mas o meu avô  Manuel - ou pelo menos as pernas dele - sempre usou essa posição de pernas, e por favor ele não tem nada de amaricado! E quem cruza assim as pernas sabe do que falo, é uma posição muito confortável! 

Na cama, porque até lá elas gostam de se cruzar, elas cruzam-se. Uma com a outra. Ou simplesmente a perna esquerda faz um quatro, também essa uma posição cómoda.

Afinal dá para perceber que elas estão vivas...

publicado por la vie en long-métrage às 17:50

link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De marianne a 31 de Julho de 2009 às 20:05
Ahaha.
Deve ter sido o primeiro post que alguma vez li sobr pernas xD

Beijinho
De la vie en long-métrage a 31 de Julho de 2009 às 20:57
Como sou relativamente novo nestas andanças ainda não sei bem que territórios já foram explorados.
Mas eu vou escrevendo :D
Beijinhos
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 3 de Agosto de 2009 às 01:04
Ora viva!

Tem graça, num dos meus últimos posts escrevi um pouco sobre cruzares de pernas e afins. Sabe, o cruzar de pernas diz muito sobre uma pessoa: bem mais do que pensamos ou sequer damos importância.

Um abraço...
shakermaker
De la vie en long-métrage a 3 de Agosto de 2009 às 01:38
Boa noite,
por acaso não reparei que o tenha escrito, mas vou procurar para ver se bate certo com aquilo que eu escrevi aqui.
E eu concordo no que disse aqui: na minha opinião mostra a maneira como a pessoa encara a vida, o bem estar/mau estar, a disposição...
Abraços

Comentar post

pesquisar

 

Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

recentes

O verão depois de abril

Bestealidade antepassada

Mãos

A história de Maria S.

Não sou, sem dúvida algum...

Fo**-**!

Como eu sabia

Quando quiseres falar

lump sum

why must you always dress...

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

hit counter
dowload hit counter code
blogs SAPO

subscrever feeds